Franquias mantêm balanço positivo no 1º trimestre. Veja setores que mais cresceram

Segundo a Associação Brasileira de Franchising, o crescimento no período foi de 7% em relação a 2018

Por Bernardo Costa

Acquazero usa 300ml de água na lavagem de carros: modelo combate desperdício e atrai clientes que buscam empresas sustentáveis
Acquazero usa 300ml de água na lavagem de carros: modelo combate desperdício e atrai clientes que buscam empresas sustentáveis -
O setor de franquias segue com resultados positivos no momento em que boa parte da economia do país ainda se refaz da crise. É o que mostra o balanço do primeiro trimestre deste ano, divulgado esta semana pela Associação Brasileira de Franchising (ABF). Segundo o estudo, o faturamento de janeiro a março cresceu 7% em relação ao mesmo período do ano passado: passou de R$ 38,7 bilhões para R$ 41,4 bilhões. Os setores com melhor desempenho foram os de casa e construção, serviços automotivos, comunicação, informática e eletrônicos e saúde, beleza e bem-estar.
"Os últimos quatro anos têm sido a prova de fogo para o franchising brasileiro. E o setor mostrou resiliência mantendo resultados positivos. A expectativa este ano é voltarmos a crescer em dois dígitos, e fechar dezembro com 10% de aumento no faturamento. Mas, para isso, é preciso que a Reforma da Previdência seja aprovado", destaca Beto Filho, presidente da ABF Rio.
Para o executivo, a resistência das franquias se deve à capacidade de o setor entender as movimentações do mercado e promover as adaptações necessárias com rapidez. "São marcas consolidadas, com estrutura profissional e inteligência empresarial para reagir e manter o negócio ativo", diz Beto Filho.
Segundo o presidente da ABF Rio, são exemplos de adaptação o investimento em soluções inovadoras, as estratégias para redução de preços e a adoção de novos formatos. No segmento de serviços automotivos, a Acquazero aposta no modelo sustentável de lavagem de carros com produtos biodegradáveis. "Com isso, usamos apenas 300ml de água. A sustentabilidade é cada vez mais exigida pelos clientes, que têm avaliado, nas decisões de compra, a responsabilidade dos processos produtivos das empresas", aponta Henrique Mol, diretor executivo da Acquazero, franquia com investimento inicial a partir de R$ 10 mil.
Dr. Infiltração é um modelo de franquia que traz solução inovadora - Rubens Angelotti/Divulgação
No ramo de casa e construção, a franquia Dr. Infiltração também investe em tecnologia para atrair clientes. A empresa usa nanopartículas para tratar a infiltração sem precisar de obras. "Elas se alojam nos poros revestindo os buracos sem a necessidade de quebrar pisos e paredes", explica o engenheiro químico Digiovani Mondardo, um dos sócios da Dr. Infiltração. O investimento inicial é de R$ 30 mil.
No setor de saúde, beleza e bem-estar, a SUAV espera dobrar o número de lojas este ano. A franquia oferece os serviços de fotodepilação e design de sobrancelhas e aposta em modelo de trabalho em espaço reduzido, a partir de 30m². O investimento é a partir de R$ 69,9 mil.
Suav oferece serviços em espaços reduzidos: a partir de 30m² - Divulgação
CRESCIMENTO
No segmento de serviços automotivos, o crescimento de 12,7% no trimestre acompanha a alta de 11,4% na venda de carros no país no mesmo período, segundo dados da Anfavea. O faturamento no trimestre foi de R$ 1,5 bi. Em Casa e Construção, a alta foi de 12,9%: faturamento de R$ 2,2 bi. Já o setor de beleza, saúde e bem-estar cresceu 9,2%, e registrou faturamento de R$ 7,6 bilhões no país.
ELETRÔNICOS
"As franquias no segmento de Comunicação, informática e eletrônicos registraram faturamento de R$ 1,3 bilhões, com alta de 9,7% em relação ao período de janeiro a março de 2018. Destaque para os serviços de manutenção e reparo de equipamentos e marketing e design digitais. No ramo de serviços e outros negócios, o crescimento foi de 9,6%. O faturamento foi de R$ 6,2 bilhões.
IGUI PISCINAS
A fabricante de piscinas iGUi pretende abrir 10 lojas no Rio este ano. Com isso, a expectativa da franquia é gerar 200 postos de trabalho e faturamento médio mensal de R$ 2 milhões. Para adquirir a franquia, o investimento inicial é a partir de R$ 250 mil.
Fabricante de piscinas iGUi pretende abrir 10 unidades no Rio até dezembro - Divulgação
MAIS MARCAS
Na área de saúde, as franquias de serviços odontológicos puxaram o crescimento. A franquia Sorridents pretende abrir 20 unidades no Rio. Investimento a partir de R$ 230 mil. OdontoCompany é outra franquia no setor. Em beleza, a Emagrecentro tem investimento inicial de R$ 60 mil, e a Sóbrancelhas, de R$ 98 mil.

Galeria de Fotos

Dr. Infiltração é um modelo de franquia que traz solução inovadora Rubens Angelotti/Divulgação
Suav oferece serviços em espaços reduzidos: a partir de 30m² Divulgação
Acquazero usa 300ml de água na lavagem de carros: modelo combate desperdício e atrai clientes que buscam empresas sustentáveis Divulgação
Fabricante de piscinas iGUi pretende abrir 10 unidades no Rio até dezembro Divulgação

Comentários