Copa América foi adiada em um ano por causa da Covid-19
Copa América foi adiada em um ano por causa da Covid-19 Divulgação
Por O Dia
A pouco mais de duas semanas do início, a Copa América ainda vive a indefinição onde acontecerá. Depois da saída da Colômbia, aumentam os rumores de que a Argentina também deixe de ser sede. De acordo com o canal americano NBC Sports, a Conmebol pode transferir emergencialmente a competição para os Estados Unidos.
De acordo com a reportagem, a Conmebol está preocupada com o aumento de casos de Covid-19 na Argentina, o que obrigou o governo a suspender partidas de futebol do campeonato local até o fim de maio, para tentar conter o avanço da pandemia. O temor é que a situação não melhore e inviabilize a competição.
Publicidade
Por outro lado, os Estados Unidos vão voltando à normalidade com o avanço da vacinação contra a Covid-19 e o país seria uma alternativa mais segura e garantida para fazer a Copa América numa espécie de bolha.
Recentemente, a Colômbia foi excluída como sede devido a uma crise social no país, com protestos e repressão violentos há pelo menos três semanas, o que obrigou a Conmebol a adiar e mudar locais de jogos da Libertadores e da Copa Sul-Americana. Equador, Venezuela e Chile estão dispostos a sediar alguns jogos. Entretanto, a entidade ainda não definiu o que fazer e espera ter uma resposta final nesta semana.