LewandowskiCHRISTOF STACHE / AFP

Rio - A possível saída de Robert Lewandowski do Bayern de Munique, da Alemanha, ainda não parece ter um desfecho positivo para ambas as partes. Em entrevista ao jornal alemão "Bild", o atacante polonês, de 33 anos, evitou críticas e afirmou que "quer o melhor para os dois lados". Recentemente, o atleta deixou claro que pretende apenas analisar proposta do Barcelona, da Espanha.
"Desde o princípio, disse que queria encontrar a melhor solução para os dois lados. Não quero forçar nada, mas acho que o Bayern tem mais a ganhar se investir o dinheiro que pode receber agora, do que me manter até ao final do contrato. Espero que as emoções acalmem, porque eu não sou inimigo do Bayern", disse Lewandowski ao 'Bild'.
"Não sou egoísta. Sei o que tive no Bayern e aprecio muito a oportunidade de ter vivido isto. É também por isso que estou fazendo o máximo para não decepcionar o clube e os torcedores que gritaram por mim durante os últimos anos. Mas não posso negar que preciso de uma nova etapa na minha carreira", completou.
Os números de Robert Lewandowski não o deixam mentir. O atacante polonês, nesta temporada, disputou 46 partidas e marcou 50 gols pelo Bayern. Revelado pelo Znicz Pruszków, o jogador passou por Lech Poznan e Borussia Dortmund antes de acertar com os bávaros, onde atuou em 370 jogos, com quase 350 tentos marcados. O contrato do atleta com o clube alemão encerra em junho de 2023.