Austrália e Peru fizeram um jogo muito ruim, que só terminou nos pênaltisKARIM JAAFAR / AFP

A Austrália é mais uma seleção classificada para a Copa do Mundo do Catar, que será disputada entre 21 de novembro e 18 de dezembro. Nos pênaltis, os australianos venceram os peruanos por 5 a 4, após 0 a 0 no tempo regulamentar e na prorrogação, no Al Rayyam Stadium, e se garantiram no Grupo D, que tem França, Dinamarca e Tunísia.
O grande herói da classificação australiana foi o goleiro Redmayne, que entrou no lugar do titular Ryan no último minuto da prorrogação, justamente para a disputa de pênaltis. E não decepcionou. Em um jeito peculiar de esperar as cobranças - fica se mexendo em cima da linha e balançando os braços sem parar - ele pegou a sexta cobrança do Peu, de Valera. Antes, Advíncula chutara na trave e Gallese pegou o chute de Boyle.
Nesta terça-feira, a Copa do Mundo conhecerá seu último classificado. A Costa Rica, quarta colocada das Eliminatórias da Concacaf, enfrenta a Nova Zelândia, vencedora na Oceania. Quem conquistar a vaga irá para o Grupo E, com Espanha, Alemanha e Japão.
Em um duelo muito fraco tecnicamente, o brilho ficou por conta dos torcedores peruanos, que foram em peso a Doha e tomaram conta do estádio, fazendo uma bonita festa. Mas nem o apoio da arquibancada serviu para o Peru, que parecia nervoso e errou muito contra uma Austrália fraca tecnicamente, mas que parecia mais no jogo.
Após 90 minutos sem gol e grande futebol, a prorrogação teve o mesmo panorama. Com execeção da segunta etapa, quando a seleção peruana apareceu e chutou uma bola na trave. A decisão da vaga foi para os pênaltis e os australianos comemoraram no fim.