Jogadores do Vasco durante o treino
Jogadores do Vasco durante o treino Rafael Ribeiro/Vasco
Por O Dia
Pela primeira vez na temporada 2021, o Vasco jogará às 11h. O duelo neste domingo, contra o Botafogo pelo primeiro jogo da final da Taça Rio, obrigou a comissão técnica vascaína a mudar a programação que vinha sendo seguida nas últimas semanas e dois treinos foram marcados para de manhã, na sexta e no sábado, no mesmo horário do clássico.
O diretor médico do Vasco, Gustavo Caldeira, explicou que o principal motivo para os dois treinos às 11h é mais para os jogadores regularem o sono e diminuírem o impacto da mudança de horário.
Publicidade
"Nós achamos por bem colocar os dois últimos treinamentos no mesmo horário do jogo. Não esperamos tornar a rotina dele completamente adaptável a treinar e jogar de manhã, até porque sabemos que isso leva tempo. A nossa ideia é que o atleta regule o seu sono, passando a dormir mais cedo para acordar mais cedo, saindo da rotina de um dia normal, quando a maioria acorda meio-dia. Isso minimiza aquela sensação de fadiga pela manhã", explicou o médico ao site oficial do Vasco, contando outro motivo para a mudança.
"Além disso, temos também o ponto de vista nutricional. O atleta precisa testar o corpo dele, até para saber o que pode ou não comer pela manhã antes de fazer uma atividade física intensa. Cada atleta reage de uma forma diferente. Então, se não testarmos antes do jogo, corremos o risco de algum problema acontecer".