Mais Lidas

Vereador Marcello Siciliano depõe na DH sobre morte de Marielle Franco

Parlamentar vai à delegacia um dia após o depoimento do vereador Zico Bacana (PHS). Marielle e seu motorista, Anderson Gomes, foram mortos a tiros no Estácio, no dia 14 de março

Por O Dia

Vereador Marcello Siciliano, do PHS
Vereador Marcello Siciliano, do PHS -

Rio - O vereador Marcello Siciliano vai prestar depoimento na Delegacia de Homicídios da Capital (DH), nesta sexta-feira, sobre o caso da morte da vereadora Marielle Franco. A parlamentar e o seu motorista, Anderson Pedro Gomes, de 39 anos, foram assassinados a tiros, no Estácio, no dia 14 de março. 

Os policiais foram ao gabinete de Siciliano na Câmara dos Vereadores, nesta quinta-feira, mas ele não estava no local. Na manhã desta sexta, o parlamentar foi notificado para prestar depoimento, que ocorre um dia após o vereador Zico Bacana (PHS) ir à DH.

Na tarde do mesmo dia do crime, câmeras de segurança flagraram a presença do ex-vereador Cristiano Girão Matias e outro paramilitar no sétimo andar, onde fica o gabinete de Bacana, na Câmara dos Vereadores. Ao chegar na delegacia, o vereador disse que os PMs entram sempre nas linhas de investigação da polícia. "Todo policial é cobrado. A Polícia Civil trabalha em cima de provas e denúncias. Minha vinda aqui é mais para elucidar esse crime, que com certeza será resolvido", reforçou.

Bacana afirma que todos deverão ser chamados para depor. "Que o caso seja elucidado. Com certeza todos nós, vereadores, temos que ser investigados como cada cidadão que apareceu naquele dia e que participou do cotidiano dela.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia