Vuvuzela da Copa já é a sensação na Saara

Comércio popular incrementa as vendas na semana da abertura do Mundial de futebol, com novidades

Por *Fernanda Soares

Corneta em forma de taça da Copa do Mundo é uma das novidades com maior saída nas lojas do Saara. Cores da bandeira predominam
Corneta em forma de taça da Copa do Mundo é uma das novidades com maior saída nas lojas do Saara. Cores da bandeira predominam -

Rio - A nova sensação entre os artigos vendidos nas lojas da Saara para a torcida brasileira é a 'Vuvuzela da Taça', uma corneta em forma do prêmio que será disputado na Rússia a partir desta quinta-feira. Após muitas preocupações se as mercadorias da Copa iriam encalhar, os lojistas parecem mais confiantes já que na última hora os consumidores se animaram.

"O pessoal tá empolgado agora! As vendas já aumentaram e a gente espera que até o fim da semana ainda cresçam. As blusas infantis da Seleção já acabaram, as de numeração G também tem saído bastante", conta a vendedora Isabelle Furtado.

As camisas da seleção brasileira também estão com diversas 'versões', além das tradicionais amarelinhas. Segundo vendedores, a que traz o número 10 estampado com o nome do torcedor nas costas é uma das mais procuradas.

Outro atrativo são as camisas que dividem as cores do Brasil com as dos times cariocas. Nesse quesito, a maior venda tem sido a blusa do Flamengo com a seleção brasileira.

E não são só os torcedores que vão ao comércio popular do Centro do Rio em busca de artigos para torcer. "Eu tenho uma mercearia, e com a crise, estamos vendo outras formas de ganhar dinheiro. A Copa está sendo uma boa alternativa. Já vendi todos os artigos do Brasil que tinha comprado e agora vim reabastecer o estoque. As camisas saem muito, e se o Brasil for ganhando, a procura e o valor vão aumentando", afirma o comerciante Damião Araújo, que fazia nesta terça compras pelas ruas da Saara.

Os produtos com as cores da seleção brasileira não são também os únicos que têm sido procurados. Artigos da Rússia tem sido os preferidos, e, mesmo depois do 7x1 da última Copa, a bandeira mais vendida, após a do Brasil, é da Alemanha. Portugal e Chile também não ficam para trás entre os mais buscados. As bandeiras já estão em falta em algumas lojas devido a grande demanda.

"Acho que o pessoal ainda está em dúvida com a seleção brasileira, então temos vendido também produtos de outros países", analisa o vendedor Pedro Mello.

Estado terá ponto facultativo

O governador Luiz Fernando Pezão determinou ponto facultativo nas repartições estaduais nos dias 22 (sexta-feira) e 27 (quarta-feira) por conta dos jogos do Brasil na primeira fase da Copa do Mundo.

No dia 22, o time do Brasil jogará contra a Costa Rica, às 9h. Já no dia 27, o expediente será até às 13h por conta da partida contra a Sérvia, às 15h.

O município ainda não se posicionou a respeito do expediente nas datas das partidas da Copa do Mundo.

Ainda no período da Copa, entre os dias 18 e 29, a faixa reversível da Avenida Presidente Vargas, no Centro, será suspensa. O objetivo é realizar estudos operacionais para eventuais ajustes futuros.

Festas para ver os jogos

Praça Mauá

Transmissão com shows iniciados uma hora antes de cada jogo no Boulevard Olímpico. Na quinta, às 12h, tem o jogo de abertura da Copa e depois apresentações de Fernanda Abreu e do DJ João Brasil. Tudo gratuito.

Madureira

Transmissão do primeiro jogo do Brasil no domingo, a partir das 13h, na quadra da Portela, com apresentação da bateria da agremiação. Rua Clara Nunes, 81, Oswaldo Cruz.

Guadalupe

Na Lona Cultural Terra, os jogos também serão transmitidos gratuitamente. Rua Marcos de Macedo, Guadalupe.

Pavuna

A Arena Jovelina Pérola Negra vai exibir as partidas, além de apresentações musicais. Praça Ênio, Pavuna.

Maracanã

Na quinta, inauguração do Arena Park Maracanã, no Estádio Célio de Barros. Nos dias de jogos, exposições e shows.

*Estagiária sob supervisão de Gustavo Ribeiro

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro