MP denuncia assaltantes que mataram jovem por causa de celular na Ilha do Governador

Crime aconteceu em maio deste ano. Adolescente havia sido roubada no mesmo local um ano antes

Por O Dia

Matheus Freire
Matheus Freire -

Rio - O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) denunciou à Justiça Jonas Gomes de Bastos, Matheus Freire Dias e Alan Pereira Peixoto pelo assassinato de Soraia Macedo de Lemos durante um roubo na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio, em maio deste ano. 

De acordo com a denúncia, Soraia caminhava ao lado da namorada, quando Jonas e Matheus se aproximaram em uma moto e anunciaram o assalto dizendo “passa o celular senão vai morrer”. O texto narra que Matheus sacou um revólver e pegou o celular da namorada da vítima, enquanto Jonas puxou o aparelho de Soraia, mas não quis levá-lo porque poderia ser rastreado. Logo em seguida, Matheus atirou contra Soraia, atingindo ela na cabeça.

No decorrer das investigações, ficou comprovado que Alan foi o responsável por emprestar o revólver utilizado no crime, a fim de receber parte dos bens roubados. Os denunciados assumiram o crime e confessaram, ainda, a prática de cerca de 20 outros roubos. Eles foram denunciados por latrocínio. O MP pediu, ainda, a decretação da prisão preventiva dos denunciados.

Galeria de Fotos

Matheus Freire Estefan Radovicz / Agência O Dia
Cristiane Barbosa, mãe de Soraia, disse que não perdoa os bandidos: 'Não demonstraram arrependimento' fotos Estefan Radovicz
Moto usada no assalto Estefan Radovicz / Agência O Dia
Jonas Gomes Estefan Radovicz / Agência O Dia
Alan Pereira Peixoto Estefan Radovicz / Agência O Dia
Jovem foi morta em assalto na Ilha do Governador Reprodução Facebook

Últimas de Rio de Janeiro