Suspeito de explodir bancos é preso

Rodrigo Correia, o Lorinho, teria participado de pelo menos 15 ataques à caixas eletrônicos na capital

Por O Dia

Lorinho é apontado como líder de roubo a caixas eletrônicos através de explosões
Lorinho é apontado como líder de roubo a caixas eletrônicos através de explosões -

Rio - Um suspeito de participar de quase todas as explosões de caixas eletrônicos no Rio foi preso, nesta terça-feira, no Morro do Fogueteiro, no Rio Comprido. Rodrigo Correia Martins de Piedade, conhecido como Lorinho, é tido como sendo um dos líderes da quadrilha que atua na modalidade de crime.  

Ao RJTV 2, da TV Globo, policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) revelaram que, dos 20 ataques na capital, o bando de Rodrigo Correira Martins da Piedade planejou 15, em bairros como Laranjeiras e Tijuca. Rodrigo foi preso enquanto dormia. De acordo com as investigações, ele já era conhecido por atuar em roubos de carros e tinha migrado para a explosão de caixas eletrônicos. A polícia identificou outros 10 bandidos que integram a quadrilha.

Em uma das últimas ações, filmadas por câmeras de segurança, os criminosos colocam explosivos na agência e saem segundos antes de tudo ir pelos ares. Depois, eles voltam para buscar o dinheiro. Em áudio divulgado pela polícia, suspeitos combinavam mais um ataque. Os investigadores já sabem, inclusive, que o grupo tem ligação com a maior facção criminosa do Rio.

"O tipo do explosivo empregado é um explosivo artesanal feito de forma rudimentar. O fato deles não conseguirem efetuar subtrações vultosas que justificassem ação, e a própria ação, você não via muita técnica muita engenhosidade, a ação era muito básica", explicou o delegado Gabriel Ferrando, em entrevista ao telejornal.

Fotos apreendidas pelos agentes na casa de Rodrigo da Piedade, mostram que ele gostava de se exibir mostrando armas. Em uma delas, ele aparece usando máscara e segurando uma arma. Em outra, Rodrigo aparece com uma metralhadora ponto 50, que tem capacidade para derrubar um helicóptero. Com ele também foi apreendida uma pistola glock ponto 40 com kit rajada e um veículo roubado. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários