Corpo de rapper inglês é achado no mar

Kenny Vulcan foi encontrado no último dia 5 de maio, em estado avançado de decomposição

Por O Dia

Kenny Vulcan
Kenny Vulcan -

Rio - A Polícia Civil encontrou o corpo do inglês Kenny Vulcan, de 20 anos, que estava desaparecido desde o dia 13 de abril. Segundo a Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), o corpo do rapper foi achado no último dia 5 de maio, no mar, em avançado estado de decomposição, próximo ao Mirante do Roncador, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio. Segundo a delegada Elen Souto, titular da DDPA, o exame de DNA deu positivo na identificação de Kenny.

De acordo com a especializada, os policiais encontraram a mochila com o notebook do artista no mar da praia. Kenny tinha depressão profunda e morava de favor na casa da namorada. Já com a doença, ele saiu de Londres em dezembro para tentar a carreira no Brasil. No entanto, recebeu diversas respostas negativas de gravadoras e piorou o quadro clínico. O rapper chegou a pedir dinheiro para o pai, já que estava com dificuldades financeiras. Os parentes negam que ele sofresse de depressão.

Em entrevista ao DIA, a namorada contou que encontrou Kenny no dia anterior ao desaparecimento e que ele não demonstrou nenhum comportamento diferente. A estudante de Cenografia Indumentária da Unirio, de 20 anos, destacou ainda que o rapper pretendia obter o visto para morar no Brasil, mas por enquanto ele só estava com o de turista.

"Ele estava feliz e nós dois estávamos bem no nosso relacionamento. Eu o vi no dia anterior, quando ele saiu da minha casa. Por volta de meio-dia de sexta-feira, eu falei com ele. Mais tarde, recebi notificações de que as redes sociais dele haviam sido desativadas. Kenny sempre usava as redes para divulgar o trabalho dele", disse a namorada.

 

Últimas de Rio de Janeiro