Justiça decreta prisão de três acusados pelo desabamento na Muzema

Equipes da Polícia Civil já estão nas ruas para encontrá-los

Por Felipe Rebouças*

Zé do Rolo é um dos procurados
Zé do Rolo é um dos procurados -

Rio – A Justiça do Rio expediu mandados de prisão temporária dos três suspeitos de envolvimento no desabamento que deixou pelo menos 20 pessoas mortas na Muzema, comunidade da Zona Oeste do Rio. A polícia está à procura de José Bezerra de Lima, o Zé do Rolo, responsável pelas construções, Renato Siqueira Ribeiro e Rafael Gomes da Costa, que atuavam como corretores do empreendimento. A polícia ainda investiga a participação de milicianos na obra irregular.

A delegada Adriana Belém, titular da 16ª DP (Barra da Tijuca), responsável pelas investigações, informou que policiais civis já estão nas ruas atrás dos três. "Vamos seguir apurando mais informações para chegar aos suspeitos. Enquanto isso vamos continuar colhendo provas e documentos para encaminhar à Justiça para responsabilizá-los por homicídio dolosos (quando há intenção) vezes vinte (número de vítimas fatais até o momento", afirma a delegada. "As pessoas construíram sonhos e eles receberam tragédias".

Prédios construídos na região são irregulares - Reginaldo Pimenta / Agência O Dia

O pedido de prisão foi feito ao plantão judiciário. Segundo a delegada, não há dúvidas de que eles são responsáveis pelos prédios irregulares. Os mandados de prisão temporária valem por 30 dias, mas a polícia pode pedir a prorrogação por mais 30, caso eles não sejam encontrados.

"Ontem foi o nosso primeiro contato com as vítimas. Elas reconheceram fotos e documentos dos suspeitos e confirmaram nossa hipótese", Belém conclui.

* Estagiário sob a supervisão de Adriana Cruz

Galeria de Fotos

Zé do Rolo é um dos procurados Arquivo Pessoal
Prédios construídos na região são irregulares Reginaldo Pimenta / Agência O Dia

Comentários