André Luis Mansur
André Luis MansurDivulgação
Por O Dia

Quem nunca pensou em saber um pouco mais sobre bairros da Zona Oeste? Então, eis a oportunidade: o Curso Livre sobre a História da região Carioca será ministrado pelo jornalista e escritor André Luis Mansur de forma on-line e ao vivo, em quatro aulas, aos sábados, das 15h às 17h, abrangendo a região entre Deodoro e Sepetiba, incluindo as áreas de Santa Cruz e Campo Grande, bairro que exerce uma centralidade de serviços e produtos e possui a maior área de Mata Atlântica preservada do Rio de Janeiro, incluindo um vulcão extinto em ampla biodiversidade.

Os alunos vão lidar com temas importantes do passado da região, como a Fazenda de Santa Cruz, a Fábrica Bangu, a invasão de corsários franceses em Guaratiba, além de personagens importantes, como Freire Alemão. Major Archer, que utilizou as mudas da Serra do Mendanha para o replantio da Floresta da Tijuca, Padre Miguel, entre muitos outros assuntos.

O curso, que começa sábado, utiliza como referência décadas de estudo sobre a Zona Oeste Carioca e no qual foi possível publicar a trilogia: O Velho Oeste Carioca, escritos por André Luis Mansur, que está lançando agora em março além do Curso On-line mais um livro sobre o tema: Crônicas Históricas da Zona Oeste Carioca. A organização do Curso conta com a participação do Ideias Espaço Criativo, criado em 2018, pela jornalista Silvia Fernandes e seu esposo Artista Visual e Restaurador Alan Castilho e que já oferece cursos de Libras, Desenho e é considerado um espaço de intensas atividades socioculturais.

"É um curso voltado para os moradores, mas também para pessoas de fora que se interessem pela História do Rio de Janeiro, principalmente por ser uma região que não tem muito espaço nos livros de História. Acho importante também a presença de professores, já que muitos deles me falaram que gostariam de conhecer a História dos bairros onde dão aulas e, assim, repassar esse conhecimento aos seus alunos", diz Mansur.

André Luis Mansur é jornalista e escritor, autor de 15 livros, nascido na cidade do Rio de Janeiro e tendo atuado em veículos importantes da imprensa carioca, como os jornais O Globo, Jornal do Brasil e Tribuna da Imprensa. Apenas no jornal O Globo publicou mais de cem críticas literárias para o caderno "Prosa & Verso".

No bairro de Campo Grande, onde mora, coordenou de 2005 a 2012 o Cineclube Moacyr Bastos, exibindo mais de 300 filmes gratuitamente. Seu primeiro livro foi lançado em 2004, o Manual do Serrote, de humor. Quatro anos depois lançou seu livro de maior sucesso, O Velho Oeste Carioca, que conta a história da zona oeste do Rio de Janeiro, entre Deodoro e Sepetiba, e que gerou mais dois volumes, lançados em 2012 e 2016. Agora está lançando outro livro dentro da mesma temática: Crônicas Históricas da Zona Oeste Carioca.

Você pode gostar
Comentários