Valmir Pereira Candido trabalhava como montador de andaimes
Valmir Pereira Candido trabalhava como montador de andaimes Arquivo pessoal
Por O Dia
Rio - O corpo do montador de andaime da Petrobras Valmir Pereira Candido, de 42 anos, será enterrado nesta segunda-feira, às 13h30, no Cemitério do Catumbi, no Centro do Rio. Ele foi um dos cinco mortos durante a operação de policiais militares no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio, na tarde de sábado
De acordo com Valéria Pereira Candido, o marido estava em frente ao portão de casa, conversando com um amigo, quando PMs chegaram e os disparos começaram. Ela contou que Valmir era um dos diretores da Fla-Macacos, e que ele saiu para acertar os detalhes da nova camisa que iria mandar fazer para o grupo.
Publicidade
"Ele estava em casa quando um amigo chamou ele para conversar sobre a blusa que eles já iam mandar fazer. Não tinha nem 20 minutos que meu marido estava na rua, tem um bar em frente a minha casa. Os policiais chegaram atirando e um tiro pegou na cabeça do meu marido. Eu estava em casa e ouvi os tiros, conseguia ver os meninos caídos da minha casa. Tentava ligar para ele e ele não atendia, na hora já senti um aperto no coração e pressenti algo ruim", disse a esposa, ao O DIA.
Em nota, a Polícia Civil informou que "o caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC). As armas dos policiais militares que participaram da ação serão periciadas para confronto balístico. Testemunhas serão ouvidas e os agentes realizam diligências para esclarecer o caso".
Publicidade
Segundo testemunhas, policiais militares subiram pela região conhecida como 'B13', e entraram em confronto com traficantes no 'Terreirinho'. Cinco pessoas foram baleadas. Moradores afirmam que dois deles eram inocentes. 
A Polícia Militar informou que equipe 5ª UPP/6º BPM-UPP Macacos foi atacada por criminosos armados durante policiamento na localidade conhecida como "Terreirinho", no Morro dos Macacos. "Houve revide, e após cessar o confronto, uma busca foi feita na região e a guarnição localizou cinco suspeitos feridos", disse a corporação, em nota. Todos foram socorridos para o Hospital Federal do Andaraí. "Paralelamente, como é de praxe, a Corporação instaurou Inquérito Policial Militar (IPM) para avaliar a conduta das equipes envolvidas nas ocorrências", completou a corporação.
Publicidade
No mesmo dia, o Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) esteve numa região de mata do Morro do Andaraí. Na ação, um fuzil foi apreendido e não houve registro de vítimas. O objetivo, segundo a PM, era capturar lideranças do tráfico de drogas daquela localidade.