-
Por O Dia
Publicado 30/01/2018 21:06 | Atualizado há 3 anos

Rio - A Justiça do Rio aceitou, nesta segunda-feira, o pedido de recolhimento do passaporte de Antônio Almeida Anaquim, 41 anos, motorista envolvido no acidente de Copacabana, na Zona Sul do Rio, que deixou um bebê morto e 17 feridos. De acordo com as investigações da Polícia Civil, o homem teria intenções em deixar o país por causa da repercussão jurídica e social do trágico episódio.

No dia 18 de janeiro, Antônio Anaquim perdeu o controle do carro, invadiu o calçadão da praia e atingiu várias pessoas. Na ocasião, ele declarou que sofreu um ataque epilético e perdeu o controle do veículo.

Segundo o delegado titular da 12ª DP (Copacabana), Gabriel Ferrando, responsável pela investigação, não será admitida qualquer conduta que possa colocar em risco o resultado das investigações, como impactar a ordem pública, com eventual sensação de impunidade, diante da notícia de uma possível saída do investigado do território nacional.

Motorista que atropelou em Copacabana já foi multado por 'transitar com veículo na calçada'

Antonio Anaquim acumulou 17 multas entre os anos de 2013 e 2018, sendo a última aplicada, após o acidente que matou um bebê de oito meses, por "dirigir veículo com suspensão do direito de dirigir". No período de cinco anos, constam 62 pontos na carteira de habilitação de Antonio, suspensa em 2015, quando ele contabilizou 25 pontos na carteira por infrações consideradas de média a graves.

O processo de suspensão foi instaurado em setembro de 2014. Um mês depois, foi registrada mais uma multa: transitar com uma moto na calçada. A infração, considerada gravíssima, ocorreu na Rua Siqueira Campos, na altura do número 107. 

As outras penalidades se referem a excesso de velocidade (6); avançar o sinal vermelho (1); transitar em faixa de ônibus (4); conduzir veículo registrado que não tenha sido licenciado (1) e estacionamento irregular (3). Do total de multas, cinco não foram pagas, totalizando uma dívida de R$ 1,236,92.

 

Você pode gostar
Comentários