Servidores estaduais marcam ato na Alerj em 18 de março

Na mesma data será realizada reunião com o secretário da Casa Civil, André Moura. Depois, categorias do Estado do Rio participarão de manifestação que reunirá o funcionalismo do país, na Candelária, pelo Dia Nacional em Defesa do Serviço Público

Por PALOMA SAVEDRA

Ato ocorrerá no dia 18 de março, às 10h, na escadaria da Alerj
Ato ocorrerá no dia 18 de março, às 10h, na escadaria da Alerj -
As cerca de 70 entidades que integram o Fórum Permanente de Servidores Públicos do Estado do Rio de Janeiro (Fosperj) se reuniram nesta quarta-feira para definir uma agenda de mobilizações pela recomposição inflacionária das categorias. No encontro — que ocorreu na sede do SindJustiça, no Centro do Rio —, foi reforçada a importância de a Alerj derrubar o veto do governador Wilson Witzel ao reajuste antes da reunião que o fórum terá com o secretário da Casa Civil, André Moura, em 18 de março. 
Moura falará com representantes do funcionalismo às 10h, na Alerj. E integrantes do fórum decidiram convocar as categorias para um ato unificado na escadaria da Assembleia, no mesmo horário. Em seguida, seguirão para a manifestação pelo Dia Nacional em Defesa do Serviço Público. 
Em nota divulgada nesta quarta-feira, o Fosperj ressaltou que a reunião de hoje também foi para traçar estratégias para que as entidades cobrem do presidente do Legislativo, André Ceciliano (PT), que mantenha o compromisso firmado na última reunião: diálogo aberto com os servidores e pautar a derrubada dos vetos das leis 8.730/20 e 8.731/20. As matérias tratam do orçamento do estado do Rio de Janeiro para 2020.
"É importante a votação dessa pauta para substanciar a recomposição das perdas inflacionárias, previstas no próprio Regime de Recuperação Fiscal (RRF) e na Constituição Federal. Em reunião com representantes do Fórum, o presidente da Casa se comprometeu com a derrubada dos vetos até a primeira quinzena de março", declarou o fórum. 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários