Olimpiadas toquio 2020
Olimpiadas toquio 2020Reprodução
Por O Dia
Rio - Patrícia Pillar e Tony Ramos são as vozes da nova campanha do SporTV sobre os Jogos Olímpicos de Tóquio, que entra no ar na quarta-feira, dia 14, quando a contagem regressiva para o evento chega à marca de 100 dias. Os filmes de “Histórias Sobrepostas” falam do encontro no tempo entre as duas edições dos Jogos Olímpicos de Tóquio: a de 1964 e a que começa em 23 de julho deste ano. Durante os Jogos Olímpicos, o SporTV terá quatro canais exclusivos para o evento e mais de 40 sinais com competições disponíveis para os assinantes, inclusive no Globoplay. O canal também terá um programa novo, diário, comandado por Marcelo Barreto e o técnico Bernardinho. 
Na TV Globo, serão mais de 200 horas de transmissões ao vivo, especialmente de jogos e provas que envolvam atletas brasileiros, além das principais disputas e as cerimônias de abertura e encerramento. O ge.globo terá todas as notícias do evento, quadro de medalhas, estatísticas e vídeos curtos com os melhores momentos de cada dia olímpico.
Publicidade
Apesar das restrições provocadas pela pandemia, a Globo não vai alterar a qualidade de sua entrega para o público. Priorizando segurança e saúde da equipe, a opção foi fazer no Brasil o estúdio olímpico. A ideia é que o estúdio dê a sensação de que o público está na capital japonesa, alimentado por imagens ao vivo de Tóquio. A perspectiva de 270º vai gerar uma amplitude impactante. Estar no Brasil permite mais participações presenciais no estúdio olímpico: o time do Esporte, ex-atletas e talentos da Globo de maneira geral estarão reunidos nesse grande momento olímpico.
A inclusão de novos esportes promete conectar o público jovem ao evento. Principalmente em modalidades como skate e surfe, nas quais o Brasil tem grandes chances de medalha. O aumento da participação das mulheres e a aposta na ginasta Simone Biles como grande nome do evento falam diretamente com o público feminino.