Volante do Palmeiras, Danilo terá primeira chance pela Seleção Cesar Greco / Ag Palmeiras

Único estreante na lista de Tite para os amistosos da Seleção contra Coreia do Sul e Japão, dias 2 e 6 de junho, Danilo não acreditou quando soube da notícia. O volante do Palmeiras revelou que pensava se tratar de uma brincadeira quando recebeu uma ligação do companheiro Gabriel Menino.
"Eu estava dormindo quando recebi a notícia e até agora a ficha não caiu. O Gabriel Menino me ligou me dando a notícia e eu não acreditei. Achei que era brincadeira, mas só tenho a agradecer a Deus por esse momento que venho vivendo. Agradecer aos meus familiares, a todos aqueles que estão comigo nessa caminhada", disse Danilo em nota divulgada por sua assessoria de imprensa.
Aos 21 anos e um dos destaques do Palmeiras na temporada, Danilo ganha uma chance de mostrar serviço a Tite na reta final antes da convocação para a Copa do Mundo. O volante terá esse período da data Fifa e outro, em setembro, para convencer o treinador da Seleção de que pode ir para o Catar.
"Não foi fácil chegar até aqui. E também não será fácil daqui para frente, já que a cobrança será ainda maior. Poucos sabem das dificuldades que tive na base, do longo caminho que precisei fazer para chegar até aqui, mas consegui, consegui perseverar e os frutos estão sendo colhidos. Esta convocação não é só minha, é de toda a comissão técnica do clube, dos jogadores, funcionários e aqueles que me ajudaram de alguma forma. Espero aproveitar essa oportunidade", completou.