Disque Denúncia Noroeste funciona pelo WhatsApp (22) 9.9980-1177; o sigilo é garantido. O anonimato é absoluto.
Disque Denúncia Noroeste funciona pelo WhatsApp (22) 9.9980-1177; o sigilo é garantido. O anonimato é absoluto. Foto: divulgação
Por Lili Bustilho
BOM JESUS DO ITABAPOANA - Um jovem de 23 anos foi autuado por posse ilegal de arma de fogo, no distrito de Carabuçu, em Bom Jesus do Itabapoana, no Noroeste Fluminense. Policiais do 29º Batalhão de Polícia Militar (Itaperuna-RJ) que atuam na 2ª Cia, no Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) e no setor 'K1', foram verificar informações passadas ao Disque Denúncia Noroeste sobre uma pessoa com armas de fogo em uma residência que durante viagens a trabalho ao Rio de Janeiro estaria trazendo drogas e armamentos para Bom Jesus do Itabapoana.
Na diligências, uma irmã do suspeito que mora no mesmo endereço foi localizada, a qual, informou que o irmão estava viajando, mas ela teria autorizado buscas no imóvel. Dentro do guarda-roupas do "denunciado", foi encontrado escondido no bolso de uma jaqueta um revólver calibre 22 da marca Taurus com treze munições intactas, sendo sete guardadas em uma embalagem de papel. Já em cima do móvel foi apreendida uma réplica de fuzil. O fato foi apresentado à 144ª DP sendo o rapaz autuado com base no artigo 12 da Lei 10.826/06. 
Publicidade
"Guardiões do Noroeste" - A Unidade Policial (UP) com sede em Itaperuna é comandada pelo tenente-coronel PM Cruz desde 15 de abril de 2020 e abrange nove cidades da Região. O Batalhão é dividido em quatro Companhias, sendo a 2ª Cia - situada em Bom Jesus do Itabapoana - comandada pelo 1º tenente PM Patrick. A Polícia Militar ressalta que "conta com a participação imprescindível da população no exercício permanente e sistemático de ações que visam identificar, avaliar e acompanhar ameaças reais ou potenciais na esfera de Segurança, devendo participar através de contato direto com o 190 ou WhatsApp do Disque Denúncia Noroeste pelo (22) 9.9980-1177 trazendo informações que possam auxiliar na elucidação dos delitos ocorridos, bem como contribuir com o mapeamento dos locais com maiores índices de criminalidades e de tráfico de drogas, fomentando a constante readequação do policiamento nas áreas necessárias. O anonimato é garantido. O sigilo é absoluto."