Mais Lidas

Presos líderes de milícia suspeita de envolvimento em chacina de Itaboraí e São Gonçalo

Felipe Cesar dos Santos e Thiago de Souza Gonçalves foram encontrados dentro de um carro com placa clonada e objetos tradicionalmente usados por milicianos

Por O Dia

O material encontrado com Felipe e Thiago
O material encontrado com Felipe e Thiago -

Rio - Policiais da delegacia de Itaboraí (71ª DP) prenderam, nesta quinta-feira, dois homens suspeitos de comandarem a milícia que atua no município da Região Metropolitana do estado. A milícia da qual Felipe Cesar dos Santos, conhecido como Pietro, e Thiago de Souza Gonçalves lideram é investigada como a responsável pela chacina que aconteceu entre a noite de domingo e a madrugada de segunda em Itaboraí e São Gonçalo. Os dois foram encontrados em uma posto de gasolina da Avenida 22 de Maio, no Centro de Itaboraí.

De acordo com a Polícia Civil, Felipe e Thiago estavam dentro de um Hyundai ix35 preto, com placa clonada. Os agentes revistaram o carro e acharam duas pistolas, grande quantidade de munição e carregadores, além de fardamento militar e anotações referentes à arrecadação proveniente da extorsão realizada pelo grupo.

Segundo as investigações, Felipe é o líder do grupo e é apontado como autor de diversos homicídios na região. Thiago é o segundo na hierarquia da milícia e também atua em Curicica, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio.

A chacina

Entre a noite de domingo e a madrugada de segunda, pelo menos 10 pessoas foram mortas e ao menos outras três ficaram feridas em ataques em três localidades da divisa de Itaboraí e São Gonçalo: Marambaia, BNH e Ampliação.  

A chacina aconteceu três dias depois da execução do Cabo da Polícia Militar Rodrigo Marques Paiva, 35 anos, na mesma região. A proximidade das datas dos dois casos levantou suspeitas de que as mortes no fim de semana tivessem uma motivação de vingança.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários