'Parem de nos matar': Após morte de menina de 8 anos, moradores protestam no Alemão

Agatha Félix morreu após ser baleada nas costas no Complexo do Alemão. Moradores pedem paz e criticam política de enfrentamento nas favelas do Rio

Por *LUIZ FRANCO

Moradores pedem paz no Alemão
Moradores pedem paz no Alemão -
Rio - Moradores do Complexo do Alemão organizam um protesto na manhã deste sábado, após o assassinato de uma menina de 8 anos de idade. O ato começou às 8h, na região da Grota, e a caminhada segue pelas ruas da comunidade, com moradores e populares falando ao microfone.
"Eu quero dizer pra esses policiais, que estão ao alcance da nossa voz: pense nos filhos de vocês também, antes de fazer uma covardia dessas. Vocês também têm família, têm mãe, têm filho. Não houve troca de tiros, não. Por favor, respeitem o nosso direito de ir e vir. Aqui é uma comunidade em que moram pessoas de bem. Por favor", suplicou uma moradora. 
Moradores erguem cartaz com nomes de vítimas de violência policial - WhatsApp O DIA (98762-8248)
Agatha Félix, de 8 anos, foi baleada nas costas enquanto estava em uma kombi, na noite desta sexta-feira. Ela chegou a ser socorrida no Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, mas não sobreviveu. De acordo com testemunhas, a menina foi atingida por disparos feitos por policiais militares da UPP Fazendinha, que tentaram atingir uma moto considerada suspeita.
Moradores de outras comunidades vítimas de violência se juntaram ao protesto - WhatsApp O DIA (98762-8248)
Moradores de outras comunidades vítimas da violência também se juntaram ao protesto, que, além de pedir paz nas favelas, também teve fortes críticas ao governador do Rio, Wilson Witzel. "A grande responsabilidade pela morte da Agatha é do governador, que ajudou o policial a atirar e tirar a vida dessa criança inocente", afirmou um morador. 
Além do protesto, internautas fazem um tuitaço contra a política de enfrentamento de Witzel, que, no mesmo dia em que Agatha foi baleada, voltou a defender o "abate" de criminosos
*Estagiário sob supervisão de Rai Aquino

Galeria de Fotos

Moradores pedem paz no Alemão WhatsApp O DIA (98762-8248)
Moradores erguem cartaz com nomes de vítimas de violência policial WhatsApp O DIA (98762-8248)
Moradores de outras comunidades vítimas de violência se juntaram ao protesto WhatsApp O DIA (98762-8248)

Comentários