Criminosos da Cidade de Deus são presos a caminho da Rocinha após morte de PM

Dentre os capturados está Yuri de Oliveira Silva, investigado por diversos roubos na Barra e Jacarepaguá

Por O Dia

Yuri de Oliveira Silva e Jean Augusto Moraes de Araújo
Yuri de Oliveira Silva e Jean Augusto Moraes de Araújo -
Rio - Policiais da UPP Rocinha detiveram um suspeito e prenderam três criminosos da Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, que estavam a caminho da comunidade de São Conrado, na Zona Sul. A prisão aconteceu na noite de quarta-feira, logo após a morte do PM Ednilton Mendes Francisco Júnior, de 32 anos, que foi assassinado por criminosos da comunidade da Jacarepaguá.
Dentre os presos está Yuri de Oliveira Silva, 24, contra quem havia quatro mandados de prisão preventiva em aberto pelos crime de roubo qualificado (quando há uso da violência), praticados na Barra da Tijuca e em de Jacarepaguá. De acordo com a Polícia Civil, ele foi reconhecido em pelo menos seis roubos.
A Polícia Militar informou que Yuri e as outras três pessoas estavam dentro de um carro, quando foram interceptados em um dos acesso à Rocinha, na Estrada da Gávea. A captura deles aconteceu após a secretaria determinar a intensificação do patrulhamento na região por causa da possível transferência de criminosos entre as duas comunidades.
Os outros presos são:
. Roberto David de Souza, o Telemar, 26: foragido da Justiça por tráfico de drogas e condutas afins
. Jean Augusto Moraes de Araújo, 23: mandado de prisão em aberto por furto qualificado
. W. A. d. S.: foi levado à 11ª (Rocinha) e liberado

Galeria de Fotos

Yuri de Oliveira Silva durante um roubo em agosto passado Reprodução
Yuri de Oliveira Silva Divulgação / Polícia Civil
Yuri de Oliveira Silva e Jean Augusto Moraes de Araújo Divulgação / Polícia Militar
A prisão aconteceu na noite de quarta Divulgação / Polícia Militar
A PM afirma que Jean e Yuri já eram investigados por confrontos com policiais do 18º BPM (Jacarepaguá), o mesmo onde Ednilton era lotado. Os dois foram levados para a 32ª DP (Taquara), onde permaneceram presos.
Já a Polícia Civil disse que Yuri era investigado desde a prisão de seu comparsa Leandro de Souza Santos, o Butuca, em agosto passado.
Confira um dos roubos praticados por Yuri e Butuca em um estabelecimento comercial de Jacarepaguá, em abril desse ano!
TIRO NA CABEÇA
O soldado Ednilton foi morto no fim da tarde de quarta com um tiro na cabeça, quando foi alvo de um ataque de três bandidos da Cidade de Deus. O agente, que estava na PM há seis anos, foi levado ao Hospital Municipal Jorge, na Barra da Tijuca, mas não resistiu aos ferimentos.
No dia de sua morte, o policial preparava uma festa para o aniversário do filho de 6 anos, que seria realizada no próximo dia 13.
Nesta quinta, a PM fez uma operação na Cidade de Deus para encontrar os assassinos do militar, mas não divulgou um balanço da ação.
Hoje, agentes do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) foram enviados à comunidade para reprimir o tráfico de drogas.

Comentários