Chuva deixa rastro de destruição e previsão é de mais temporal para esta sexta

Combinação de calor e umidade, assim como ontem, vai trazer mais chuva forte hoje; máxima será de 40°C e mínima de 22ºC

Por O Dia

Rua Mata Machado, na altura da Rua Paula e Souza, na Tijuca
Rua Mata Machado, na altura da Rua Paula e Souza, na Tijuca -
Rio - A forte chuva que caiu nesta quinta-feira deixou um rastro de destruição em vários pontos do Rio. O temporal veio acompanhado de raios e intensas rajadas de ventos, que chegaram a 66,6 km/h, às 20h, no Aeroporto Santos Dumont, de acordo com a RedMetA cidade chegou a entrar no estágio de atenção, o terceiro em um nível de cinco, retornando ao estágio de mobilização (o segundo), à 0h.
A previsão é de mais temporal para esta sexta. Segundo o sistema Alerta Rio, o calor e a alta umidade deixarão o céu de parcialmente nublado a nublado, com previsão de pancadas de chuva isoladas de moderada a forte a partir da tarde. Ela pode vir acompanhada de raios e rajadas de vento. A temperatura máxima do dia será de 40°C e mínima de 22ºC.
A cidade amanheceu com vários estragos ainda por causa do temporal de ontem. De acordo com o Centro de Operações (COR), por volta das 7h, havia árvores caídas nas seguintes ruas:
. VILA ISABEL: Rua Felipe Camarão e Rua Ribeiro Guimarães
. TIJUCA: Rua Soares da Costa
. CENTRO: Rua do Passeio
. CIDADE NOVA: Rua Neri Pinheiro
. SANTA TERESA: Rua Santa Cristina
. LARANJEIRAS: Rua das Laranjeiras e Rua Pereira da Silva
. GLÓRIA: Rua Santa Cristina
. OSWALDO CRUZ: Rua Paulo de Souza Réis
Rua Pereira da Silva, em Laranjeiras - Divulgação / COR
ALAGAMENTOS E FALTA DE LUZ
As chuvas de ontem causaram bolsões e alagamentos em várias ruas, queda de árvores e falta de luz em diversas regiões, como TijucaSão Cristóvão, MaracanãSanta Teresa. Segundo a Light, esses dois últimos bairros ainda estavam sem energia, no início desta manhã.
"A empresa reforçou seu efetivo para agilizar o trabalho, que é complexo para restabelecer o mais rápido possível a energia para os clientes", a Light informou.
As três linhas do VLT chegaram a ficar fora de operação e as sirenes da Ladeira dos Guararapes, no Cosme Velho, e Fazenda Catete, no bairro vizinho, foram acionadas.
O temporal atingiu o Rio após uma combinação de calor e umidade. A quinta teve a maior temperatura do verão, 40,2ºC, em Guaratiba, na Zona Oeste. A maior sensação térmica foi em Santa Cruz com 52,6ºC às 14h.
Veja onde mais choveu nas últimas 24h (7h20):
. SANTA TERESA: 47,6 mm

. LARANJEIRAS: 46 mm

. URCA: 40 mm

. SÃO CRISTÓVÃO: 39,2 mm

. TIJUCA: 39 mm
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Rua Mata Machado, na altura da Rua Paula e Souza, na Tijuca Divulgação / COR
Rua Pereira da Silva, em Laranjeiras Divulgação / COR

Comentários