Primeiro fim de semana das novas medidas restritivas do município do Rio terminou com mais 1.600 autuações por desrespeito às normas
Primeiro fim de semana das novas medidas restritivas do município do Rio terminou com mais 1.600 autuações por desrespeito às normasDivulgação / Seop
Por O Dia
Rio - A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) informou, nesta segunda-feira, que foram registradas 1.669 autuações no primeiro fim de semana após o decreto municipal que obriga estabelecimentos como bares e restaurantes a fecharem às 17h. Segundo o balanço da Seop, durante o fim de semana, 206 estabelecimentos foram multados e outros 31 interditados por descumprirem as medidas de combate à pandemia do coronavírus.
No terceiro dia de fiscalizações, desde a manhã do domingo (07) até o fim da madrugada desta segunda-feira (08), foram contabilizadas 706 autuações, sendo 83 multas a estabelecimentos que funcionavam após o horário permitido e 8 interdições. As fiscalizações foram realizadas pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), juntamente com a Guarda Municipal e o Instituto de Vigilância Sanitária (Ivisa), além do apoio da Polícia Militar.
Publicidade
As ações ocorreram em pontos da Zona Sul, da Barra da Tijuca, Bangu, Taquara, Freguesia e Vila Valqueire. A Guarda Municipal (GM-Rio) atuou em todo o território do município. 
Publicidade
"Nosso principal objetivo nas fiscalizações das novas medidas de restrição está sendo conquistado, uma vez que temos conseguido evitar, quase que na totalidade, as aglomerações no município do Rio. Mesmo com a adesão da maior parte da população, a Secretaria de Ordem Pública segue fazendo fiscalizações e autuando àqueles que insistem em descumprir as determinações impostas para combater à covid-19", diz o secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.
Entre a tarde do último domingo e o fim da madruga desta segunda-feira, a Guarda Municipal fechou 61 estabelecimentos que funcionavam do horário previsto pelas medidas restritivas implementadas pela Prefeitura na semana passada. 
Publicidade
Desde o início das ações na sexta, dia 5, já foram notificados 136 estabelecimentos, entre bares, restaurantes e quiosques, por funcionamento fora do horário permitido pelo decreto. Segundo a Seop, os agentes fizeram um trabalho preventivo orientando os donos de bares e restaurantes sobre os horários e medidas estabelecidas pelo decreto.
Nas operações do fim de semana, também foram aplicadas 1.057 multas de trânsito por diversas irregularidades, entre elas o estacionamento na calçada, em local proibido ou em fila dupla.
Publicidade
Fim de semana com aglomeração e desrespeito a recomendação do uso de máscara
No domingo (7), guardas municipais da 13ª inspetoria (Campo Grande) e policiais militares do 41ª Batalhão interromperam uma festa na Estrada do Lameirão Pequeno, na localidade Rio da Prata, em Campo Grande. No local, havia cerca de 40 pessoas que foram dispersadas após a chegada dos agentes.
Publicidade
Na Praça General Osório, em Ipanema, guardas municipais prenderam uma bióloga de 38 anos que desacatou uma agente após ser notificada por falta do uso de máscara de proteção facial. Após a abordagem, a mulher ofendeu a subinspetora da GM-Rio Shirlei da Cruz dizendo que ela "era um ser desprezível, pior do que seu cachorro". A mulher, que também ofendeu outro guarda municipal durante a ação, foi conduzida para a 14ª DP (Leblon) onde o caso foi registrado como desacato.