Suspeitos pela morte de Marielle devem ficar em silêncio em depoimento

Ronnie Lessa e Élcio Queiroz estiveram na Cadeia de Benfica nesta quinta para audiência de custódia e voltaram para a DH depois

Por ESTADÃO CONTEÚDO

O sargento reformado Ronnie Lessa é acusado de ter feito os disparos
O sargento reformado Ronnie Lessa é acusado de ter feito os disparos -

Rio - Presos desde terça-feira, os dois denunciados pela morte da vereadora Marielle Franco, Ronnie Lessa e Élcio Queiroz, voltaram à Delegacia de Homicídios da Capital (DH), na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, após participarem de audiência de custódia na Cadeia de Benfica, em que a Justiça decidiu mantê-los presos.

Agora, Lessa e Queiroz vão prestar depoimento sobre o assassinato de Marielle na manhã desta sexta. A expectativa é que os dois permaneçam em silêncio, como a lei permite, sem responder a nenhuma pergunta dos policiais civis.

Milhares se manifestam na Cinelândia: 'Quem mandou matar Marielle e Anderson?'

Após os depoimentos, os dois devem ser recolhidos ao presídio de Bangu 1, no Complexo Penitenciário de Gericinó.

O ex-PM Élcio Queiroz é acusado de ter dirigido o carro em que estava com o comparsa no momento do crime - Reginaldo Pimenta / Agência O Dia

Investigações

Nas investigações sobre as mortes de Marielle e do motorista Anderson Gomes, Lessa é apontado como autor dos 13 disparos sobre o carro em que estavam as duas vítimas. Queiroz, por sua vez, estaria ao volante do Cobalt Prata, que ele e o comparsa usaram no crime.

Lessa e Élcio também foram denunciados pela tentativa de assassinato de Fernanda Chaves, a assessora da vereadora que também estava no carro mas sobreviveu ao ataque.

Missa pela memória de Marielle e Anderson é marcada por apelos pelo fim da violência

Os advogados de Lessa e Queiroz dizem que seus clientes são inocentes. Eles descartaram a hipótese de que os dois fazerem uma delação premiada para apontar os mandantes do crime - hipótese levantada pelo governador Wilson Witzel (PSC).

Galeria de Fotos

O sargento reformado Ronnie Lessa é acusado de ter feito os disparos Reginaldo Pimenta / Agência O Dia
O ex-PM Élcio Queiroz é acusado de ter dirigido o carro em que estava com o comparsa no momento do crime Reginaldo Pimenta / Agência O Dia

Comentários