O chefe do tráfico da comunidade do Lixão foi morto nesta semana - Arquivo Pessoal
O chefe do tráfico da comunidade do Lixão foi morto nesta semanaArquivo Pessoal
Por O Dia

Rio - Policiais militares do 16º BPM (Olaria) prenderam, nesta quinta-feira, dois traficantes da comunidade do Lixão, que fica em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Eles foram encontrados na comunidade Cinco Bocas, em Brás de Pina, na Zona Norte da capital. A identificação deles não foi divulgada.

De acordo com a PM, um terceiro criminoso, que também não teve a identificação revelada, foi preso na ação. Com o trio, os agentes apreenderam 773 pinos de cocaína e três pedras de crack. Os presos e o material foram levados para a 22ª DP (Penha).

Pelo menos seis ônibus com moradores saíram da comunidade do Lixao para acompanhar o enterro do traficante - Luciano Belford / Agência O Dia

Charlinho do Lixão morto

Na última terça-feira, o então chefe do tráfico da comunidade do Lixão, Charles Jakson Neres Batista, o Charlinho do Lixão, foi morto durante uma operação do 15º BPM (Duque de Caxias) na região. A morte do traficante deixou o clima no município sob forte tensão, com o comércio fechando e ônibus tendo as rotas alteradas.

No dia seguinte, a região comercial de Caxias amanheceu "deserta" e uma multidão acompanhou o enterro do traficante. Durante o sepultamento, dois criminosos da mesma quadrilha foram presos por agentes infiltrados.

Em meio ao clima de tensão no município, o responsável pelo 3º Comando de Policiamento de Área (CPA) da PM, o coronel Marcus Vinicius dos Santos Amaral, disse que Caxias terá policiamento reforçado sob tempo indeterminado.

Você pode gostar
Comentários