Jovem mata chefe após discussão

Adolescente diz que não se arrepende do que fez

Por O Dia

Roraima - Um adolescente de 16 anos foi preso na noite desta quinta-feira por suspeita de matar seu chefe na Zona Oeste de Boa Vista, em Manaus (RR). O rapaz atingiu o empresário Adailton Lima da Silva, de 39 anos, com uma facada no pescoço, que morreu antes da chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao local. Segundo a polícia, o adolescente foi detido na residência de um amigo.

De acordo com os agentes, o jovem esfaqueou o empresário dentro do carro quando o suspeito estava na parte de trás do veículo com sua prima — que trabalhava para a vítima —, enquanto Adailton e sua noiva estavam no banco da frente.

O rapaz disse que ele e o empresário discutiram de manhã, antes de saírem para fazer cobranças a clientes, e, "por não aguentar mais ser humilhado pelo chefe", resolveu matá-lo. O adolescente relatou ainda que tentou matar a noiva, mas como ela começou a gritar desistiu e saiu do carro andando.

O jovem disse que era "assistente" da prima e que o empresário era muito grosso com eles. Além disso, relatou que a prima não sabe que ele faria isso e que ele não se arrepende do que fez, já que não aguentava as humilhações.

De acordo com testemunhas, Adailton perdeu o controle da direção após ser golpeado, subiu a calçada e bateu em uma lixeira. O empresário conseguiu sair do veículo e pedir socorro, mas não resistiu e morreu no local.

Últimas de _legado_Brasil