Pente-fino nos processos de relação de consumo

Foram detectadas fraudes para que as empresas paguem indenizações a supostos clientes, arregimentados por um grupo de advogados

Por O Dia

Rio - Uma equipe de juízes passa um 'pente-fino' nos processos de relação de consumo dos dois Juizados Especiais Cíveis de Santa Cruz. É que foram detectadas fraudes para que as empresas paguem indenizações a supostos clientes, arregimentados por um grupo de advogados.

A fraude mais comum é a aplicada na compra de produto pela Internet. O fraudador simula a aquisição do produto, emite o boleto e não paga, mas entra na Justiça. A indenização depois é dividida entre o comprador, advogado e preposto da empresa. O desembargador Joaquim Domingos de Almeida Neto nega que o trabalho acabe atrasando as ações. A OAB-RJ fez um abaixo-assinado nesse sentido e entregou ao magistrado.