Outros bandidos fizeram plástica no rosto, mas foram presos

Por O Dia

Cirurgias plásticas para despistar a polícia não são novidades entre criminosos. O megatraficante Luiz Carlos da Rocha, o 'cabeça branca', também recorreu aos procedimentos para passar ileso pela polícia. Ele era procurado até pela Interpol e foi preso em julho, pela Polícia Federal, no Mato Grosso.

Considerado como o maior traficante da Colômbia, Juan Carlos Rodriguez Ramírez-Abadía, conhecido como Chupeta, detido em 2015, chegou a fazer 78 plásticas. Outro que recorreu ao bisturi para modificar a face foi Nei da Conceição Cruz, o Facão, do Terceiro Comando Puro (TCP). O bandido foi preso em 2009, em São Paulo.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro