Mancini critica clube por 'ignorar' atletas: 'Nunca vi em 30 anos de futebol'

Botafogo não efetua pagamento de seis jogadores: Ferreyra, André Bahia, Bolatti, Bolívar, Lucas e Marcelo Mattos

Por O Dia

Rio - A crise financeira que afeta o Botafogo parece não ter fim. Técnico do time, Vagner Mancini se mostrou perplexo com os problemas internos. Nesta terça-feira, alguns cheques referentes ao pagamento de um mês de salário atrasado seriam pagos ao elenco, mas seis jogadores não receberam: André Bahia, Bolatti, Bolívar, Ferreyra, Lucas e Marcelo Mattos. O clima de revolta no grupo e grande, o que fez com que o treinador do Glorioso fizesse uma revelação impressionante. 

Vagner Mancini mostra-se surpreso com decisão da diretoria do Botafogo em deixar de pagar seis jogadoresAndré Luiz Mello

"Hoje eu vi uma situação que nunca vi em 30 anos de futebol. Uma parte do elenco recebeu e a outra não. A cada dia que passa fica mais difícil, o clima ficou muito pesado após a notícia dos salários. A gente teme perder jogadores, tenho a palavra deles, mas com essa diferença eu não sei até quando irá o limite de cada um", disse Mancini à Rádio ESPN.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

A relação conturbada entre o grupo e a diretoria atinge o planejamento da comissão técnica. Vagner Mancini revelou que uma das duas atividade desta quarta-feira foi cancelada.

"Nós teríamos dois períodos de treinamento amanhã (quarta-feira), mas tivemos que tirar um deles porque o grupo está muito fragilizado. Com esta situação, está para acontecer alguma coisa, eu não sei ainda o que é. Mas nós não iremos jogar a toalha", comentou.

Ramírez não se abala com fase ruim do Botafogo e mira clássico com o Flu

A situação também é ruim em campo. O time reserva perdeu por 2 a 1 para o Nova Iguaçu em jogo-treino na tarde desta terça-feira, no campo anexo do Engenhão. Zeballos, de falta, marcou o gol alvinegro.