Hazard em crise: 'Se não jogar bem vou substitui-lo', diz treinador belga

Meia do Chelsea é a principal peça na seleção da Bélgica

Por O Dia

Futebol apresentado no Chelsea, ainda é aguardado na seleção belgaReuters

Bélgica - Mesmo vencendo a Suécia e goleando a fraca seleção de Luxemburgo, o principal jogador da Bélgica, o meia Eden Hazard, não foi poupado das críticas de um ex-jogador e que atualmente é comentarista de futebol, Marc Degryse.

"Ele está preso, como aconteceu nos jogos da Liga dos Campeões pelo Chelsea. Se isso não mudar, Wilmots (Treinador da Bélgica) precisa colocar outro jogador. Já é hora dele fazer uma boa exibição, caso contrário deve dar o lugar a outro jogador", pediu o ex-atacante.

Marc Wilmots já deu declarações afirmando que não terá problemas em substituir o jogador. Mesmo com a sua principal estrela para o Mundial, não se apresentando como o esperado, o treinador faz questão de apoia-lo neste momento.

"Hazard tem todo o meu apoio. Vou vê-lo jogar como fez ao longo do ano pelo Chelsea não tenho qualquer dúvida. Mas se não estiver bem não hesitarei em substitui-lo", disse o treinador.

Ao lado de Hazard, outras jovens promessas do futebol vão defender a seleção da Bélgica.
O goleiro Courtois (Atlético de Madrid), o defensores Vincent Kompany (Manchester City) e Daniel Van Buyten (Bayern de Munique), o meia Marouane Fellaini (Manchester United e os atacantes Romelu Lukaku (Everton) e Adnan Januzaj (Manchester United), são só alguns nomes do bom elenco de Wilmots. Os belgas estão no Grupo H, junto de Argélia, Rússia e Coréia do Sul.

Confira notícias e bastidores da Copa do Mundo


Últimas de _legado_Copa do Mundo