Governo declara estado de emergência após incêndio florestal na Califórnia

Fogo, que começou na última quinta-feira, já matou pelo menos duas pessoas e destruiu cem imóveis

Por O Dia

Rio - Um incêndio florestal que começou na quinta-feira no centro da Califórnia, nos EUA, e se propagou com rapidez, já matou ao menos duas pessoas e destruiu cerca de 100 imóveis, o que levou à retirada de milhares de moradores da região, de acordo com as autoridades. O fogo iniciou em Erskine, a três horas ao norte de Los Angeles, e até a tarde desta sexta-feira já havia se alastrado por 121 quilômetros. À noite, o governador da Califórnia, Jerry Brown, declarou o estado de emergência na região, o que permite disponibilizar ajuda com maior rapidez.

Seca, calor extremo e ventos fortes alimentaram os incêndios florestais em parte dos EUA neste mês. No entanto, outro inimigo tem contribuído para o avanço do fogo mais destrutivo da Califórnia em toda a história: milhões de árvores mortas.

Cerca de 800 bombeiros lutam para controlar o fogo, que já destruiu pelo menos 80 casas, criando uma imagem devastadora do que pode vir nesta temporada de incêndios, e levando milhares de moradores da regiões a abandonarem suas casas. As causas do incêndio ainda não foram identificadas. Fonte: Dow Jones Newswires.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência