Incêndios florestais na Austrália deixam uma pessoa morta e 27 casas destruídas

Homem morreu por hipertermia enquanto realizava trabalhos preventivos no teto de sua casa

Por O Dia

Austrália - Pelo menos uma pessoa morreu na Austrália e 27 casas foram destruídas pelos incêndios florestais que ardem sem controle nos arredores da cidade de Perth, no oeste do país, informou nesta segunda-feira a imprensa local.

O homem morreu ontem por hipertermia enquanto realizava trabalhos preventivos no teto de sua casa para protegê-la de um fogo que arde no Parque Nacional John Forrest, segundo a emissora local "ABC".

O foco principal destes incêndios foi declarado no domingo de manhã na cidade de Parkeville e se expandiu rapidamente em direção a Stoneville e Mount Helena, situadas a cerca de 30 quilômetros ao leste de Perth, capital do estado da Austrália Ocidental. Mais de centenas de bombeiros conseguiram conter, durante a noite, o incêndio que queimou 350 hectares em Parkeville, onde 27 casas foram destruídas e outras 20 sofreram danos.

Os incêndios ocorrem no meio de uma onda de calor que no sábado atingiu os 44 graus Celcius em Perth e que agora se desloca pelo sul do país, onde as previsões apontam para temperaturas de mais de 40 graus esta semana em Adelaide e Melbourne.

Em 2011, um incêndio florestal nos arredores de Perth destruiu mais de 70 casas, causou danos em mais de 30 e afundou uma ponte de uma estrada que ficou fechada durante um mês.

Bombeiros tentam conter incêndios florestais no oeste da AustráliaEfe


Pessoas saíram de suas casas devido o incêndio em Perth%2C no oeste da AustráliaEfe


Últimas de _legado_Mundo e Ciência