Quadrilha sequestra família de gerente à noite e assalta banco pela manhã

Gerente da agência, sua esposa e os dois filhos foram feitos reféns em casa, na Vila Valqueire, na noite desta segunda

Por O Dia

Rio - Criminosos invadiram uma agência bancária do Bradesco, na Rua Carolina Machado, próximo à estação de trem de Madureira, na Zona Norte do Rio, na manhã desta terça-feira. De acordo com policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), a tentativa de assalto foi solucionada com sucesso.

Tudo começou na noite desta segunda-feira, quando o gerente da agência, que não teve o nome divulgado, a mulher dele e dois filhos, foram feitos reféns por bandidos em casa, na Vila Valqueire, Zona Oeste.

Policiais militares fizeram cerco em frente à agência do Bradesco%2C na Rua Carolina Machado%2C em MadureiraAndré Luiz Mello / Agência O Dia

Na manhã desta terça-feira, o gerente foi obrigado a ir ao banco, monitorado o tempo todo por celular pela quadrilha, que exigia a quantia de R$ 400 mil. O Serviço de Inteligência da Polícia Civil foi informado sobre o plano dos bandidos.

Rapidamente, agentes da DRF chegaram ao banco e à casa da vítima, mas os assaltantes tinham levado a esposa e os filhos do gerente para outro lugar, onde foram liberados posteriormente, sem pagamento de resgate.

De acordo com a polícia, apenas o gerente teria sido agredido, ainda na na casa dele. Neste momento, abalada, a família está abrigada na casa de parentes. Homens do Batalhão de Operações Especiais chegaram a ser acionados e a ir para o banco, mas a situação já havia sido dominada pela DRF.

Gerente da agência do Bradesco teve sua família ameaçada por bandidos%3B ele entou na viatura da polícia acompanhado de policiaisAndré Luiz Mello/Agência O Dia

A Polícia Militar foi acionada e fez cerco na Rua Carolina Machado, na tentativa de prender os assaltantes. O movimento da polícia chamou a atenção de pedestres e houve tumulto. O trânsito parou nas imediações por conta da movimentação de carros da polícia. Ainda não há ainda informações sobre prisões. 


Últimas de Rio De Janeiro