Médium Gilberto Arruda é velado no Centro Espírita Lar de Frei Luiz

Assistente do dirigente deixou mensagem de conforto na quadra da instituição. Corpo será enterrado no local

Por O Dia

Rio - O médium Gilberto Arruda é velado na manhã deste sábado no Centro Espírita Lar de Frei Luiz, na Taquara, na Zona Oeste do Rio. O corpo do médium será enterrado no mesmo local, ao lado de outros médiuns da instituição. Gilberto Arruda foi encontrado morto dentro do Centro Espírita nesta sexta-feira. Ele tinha as mãos amarradas à cama e estava amordaçado e com sinais de espancamento.

GALERIA: Médium Gilberto Arruda é sepultado na Taquara

O corpo é velado na quadra da instituição. Lá, o médium assistente de Gilberto, Paulo César Fructuoso, fez uma oração, deixou uma mensagem e falou palvras de conforto para amigos e familiares do médium.

O corpo do médium Gilberto Arruda foi velado na manhã deste sábado no Centro Espírita Lar de Frei Luiz. Centenas de pessoas estiveram na cerimôniaAlexandre Vieira / Agência O Dia

Investigadores não descartaram nenhuma hipótese para o crime, apesar de fontes da polícia terem dito que a possibilidade de crime de intolerância religiosa não ser a principal linha de investigação.

Gilberto Arruda morava em uma das casas do centro. Seu corpo foi achado por sua viúva, Marli.

Por volta das 7h, Marli entrou em contato com o presidente do centro espírita, Wilson Vasconcelos Pinto, que acionou a polícia. Duas horas depois, homens do 18º BPM (Jacarepaguá) e da Delegacia de Homicídios (DH) chegaram ao local.

O quarto da vítima foi periciado e o corpo de Gilberto removido à tarde para o Instituto Médico-Legal (IML).

Ele era tido como um homem de bem, calmo, que dedicou a vida a ajudar as pessoas. Gilberto Arruda era médium da casa desde os seis anos de idade.

Últimas de Rio De Janeiro