Cronograma pode mudar

Por O Dia

Todas as etapas burocráticas após o pregão foram detalhadas no edital. E o governo estadual acredita que isso não demore tanto, já que estima o recebimento do dinheiro no início de novembro.

Mas o especialista em Direito Administrativo, Manoel Peixinho, explicou que o cronograma não é fechado, pois "em cada fase há a a possibilidade de apresentação de recursos administrativos". "Também pode haver imprevistos em razão de questões técnicas tanto do estado, União e dos licitantes", exemplificou.

O otimismo do governo, porém, se deve ao adiantamento das conversas com os bancos. Assim, espera-se mais rapidez.

Comentários

Últimas de Economia