Três policiais mortos em um dia

Dois PMs foram assassinados e agente da PRF morreu atropelado

Por ASSINATURA REPÓRTER

Dois policiais militares morreram na tarde de ontem no Rio. O soldado Célio Venerando Correia Júnior, de 32 anos, que era lotado no 20º BPM (Mesquita), estava de folga, quado foi assassinado na Avenida Presidente Roosevelt, em Saracuruna, Duque de Caxias. Segundo a corporação, um carro com seis pessoas parou ao lado do veículo em que o policial estava e efetuaram disparos.

Na ocorrência, um outro homem ficou ferido. A vítima foi socorrida para o Hospital Adão Pereira Nunes, também em Caxias. Célio estava na polícia há mais de quatro anos. Ele era casado e tinha um filho de 10 anos.

Mais cedo, em São Gonçalo, outro PM foi morto. Wilson Mendes, 66, era militar reformado e estava em seu comércio, quando criminosos armados saltaram de um carro atirando em sua direção. Com os dois casos, sobe para 122 o número de policiais mortos neste ano, no Rio.

Também ontem, um policial rodoviário federal morreu atropelado na Rodovia Rio-Santos (BR-101), em Angra dos Reis. Ele estava em uma moto quando o motorista de uma pick-up furou o bloqueio da PRF na via e o atingiu. Com a batida, o policial foi lançado a metros de distância e atropelado por um caminhão que seguia no mesmo sentido. De acordo com a PRF, o condutor desrespeitou várias ordens de parada dadas pelos motociclistas e a PM, que também estavam no local. O motorista, que não teve o nome divulgado, foi preso no local.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro