Inflação de fevereiro tem queda

Com o resultado, o IPCA passou a acumular alta de 2,18% nos dois primeiros meses do ano

Por O Dia

Rio - A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou fevereiro com alta de 0,9%, resultado 0,37 ponto percentual abaixo da taxa de janeiro, que atingiu 1,27%. Os dados do indicador de preços oficial do país foram divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com o resultado, o IPCA passou a acumular alta de 2,18% nos dois primeiros meses do ano, resultado que chega a ser 0,3 ponto percentual inferior aos 2,48% acumulados em igual período de 2015.

Já a alta acumulada nos últimos doze meses ficou em 10,36%, também abaixo dos 10,71% do mesmo período do ano passado: ou seja -0,35 ponto percentual. Em fevereiro de 2015, o IPCA foi de 1,22%. Considerando os nove grupos de produtos e serviços pesquisados, a mais elevada variação ficou com o item Educação, que atingiu 5,9%, refletindo os reajustes praticados no início do ano letivo, especialmente nos valores das mensalidades dos cursos regulares, que subiram 7,43%, contribuindo com 0,21 ponto percentual para o IPCA do mês.

Os grupos Educação (5,9% e 0,27 ponto percentual de contribuição) e Alimentação e Bebidas (1,06% e contribuição também de 0,27 pontos), foram responsáveis por 60% do IPCA do mês — o equivalente a 0,54 ponto percentual.

Apesar do recuo da inflação, o preço de alguns alimentos acumulam alta impressionante. Segundo IBGE, a variação do preço do alho nos últimos doze anos. No Rio, o quilo do alimento já chega a R$ 29,90.

Últimas de Economia