Badminton brilha no Pan de Toronto e já supera campanha em Guadalajara

Brasil já conseguiu pelo menos duas medalhas de bronze na modalidade, mas ainda há chance de ouro ou prata

Por O Dia

Daniel Paiola é uma das esperanças de medalha para o Badminton, em TorontoDivulgação

Toronto - O badminton brasileiro já superou a campanha registrada no Pan de Guadalajara. Naquela competição, o país conseguiu um bronze. Na manhã desta segunda-feira, as duplas já asseguraram duas medalhas da mesma cor. Daniel Paiola/Hugo Arthuso e as irmãs Luana e Lohaynny Vicente já estão nas semifinais. Como não há disputa de terceiro lugar, as duas duplas que perderem as semifinais vão ao pódio.

Daniel Paiola e Hugo Arthuso venceram os guatemaltecos Rodolfo Ramirez e Jonathan Solis, por 2 sets a 0, parciais de 21-15 e 21-18. As irmãs Vicente derrotaram as dominicanas Muñoz Polanco e Daigenis Saturria, por 2 sets a 0, parciais de 21-8 e 21-10.

As semifinais do badminton estão programadas para esta terça-feira. A fase de quartas de final terá continuidade a partir das 18h desta segunda-feira. Paiola vai à luta na simples, contra o norte-americano Howard Shu. Nas duplas mistas, Alex Tjong e Lohaynny enfrentam os jamaicanos Gareth Henry e Katherine Winter. No torneio feminino de simples, Lohaynny joga com a canadense Michelle Li, que é favorita.

Últimas de Esporte