Dunga afirma que instabilidade do Brasil é normal e não vê cargo ameaçado

Seleção tem quatro pontos em três jogos nas Eliminatórias

Por O Dia

Bahia - Em entrevista coletiva, o treinador Dunga falou sobre o começo instável do Brasil nas Eliminatórias. Em três jogos, a Seleção venceu uma partida, empatou uma e perdeu o outro confronto. Em quarto lugar, a equipe verde e amarela tem a obrigação de vencer o Peru para avaliar a pressão. Segundo o treinador, o desempenho dos seus jogadores deve ser encarado como normal, devido ao histórico recente da Seleção no torneio.

Dunga não se vê ameaçada como treinador da seleção brasileiraDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

"Estamos no início. O campeonato vai ser longo, complicado como sempre foi. A gente vê muito o momento. Mas se analisar nas eliminatórias do passado, também houve problema no começo para as duas seleções. E vai varia do que produzirem. Lembro que em 1994 foi muito parecido", afirmou.

Desde a eliminação precosse do Brasil nas quartas de final da Copa América do Chile, os rumores sobre uma possível demissão de Dunga começaram. No cargo há um pouco mais de um ano, o treinador afirmou que está acostumado com a cobrança que o futebol impõe a quem trabalha neste meio.

"Ameaçado não sei por quê. É o futebol, é normal a cobrança que se tem em todas as profissões. É resultado... "Ameaçado" é uma palavra um pouco forte", concluiu.

Últimas de Esporte