Gustafsson ainda lamenta derrota para Johnson: 'venceria seis vezes em sete'

Sueco agora vai enfrentar brasileiro que vem de duas derrotas

Por O Dia

Estados Unidos - O lutador sueco Alexander Gustafsson causou a Jon Jones a luta mais complicada que o americano teve desde que conquistou o título de campeão da categoria meio-pesado do UFC. Com uma atuação agressiva do rival, "Bones" venceu por decisão unânime dos jurados, mas o resultado foi criticado por alguns fãs de MMA. Depois desse momento, Gustafsson se tornou o principal adversário do americano, e alguns pedidos de revanche aconteceram, porém, o lutador perdeu para Anthony Johnson a chance de uma nova luta com Jones.

Jones e Gustafsson fizeram luta emocionanteDivulgação

O resultado negativo não sai da cabeça do sueco. Em entrevista à imprensa local, o lutador afirmou que não aceita até o dia de hoje o resultado negativo para o novo desafiante do cinturão do UFC.

LEIA MAIS: Notícias, lutas e bastidores: tudo do mundo do MMA

"Eu o venceria seis vezes em sete dias, mas exatamente o que não poderia acontecer, aconteceu. Às vezes você está no topo, e outras, não. É assim que funciona. Não tive tempo de mostrar o meu potencial, porque a luta foi rápida. Aprendi que preciso me defender melhor, mantendo a guarda alta, colando o queixo no peito e ficando pronto para tudo. Não se pode relaxar um milésimo de segundo neste esporte. Se você relaxar, acontece o que aconteceu comigo. A noite acaba rápido. Na verdade, não há muito o que falar sobre aquela luta. Ele me acertou com vontade, e às vezes isso é o suficiente. Agora estou tentando encarar meus demônios, que são a dúvida e a falta de confiança. Você acaba achando que não é bom o suficiente para ser o melhor do mundo. Essa é a pior parte, mas é preciso enfrentá-la e processar tudo na sua cabeça. Eu sei que tenho o potencial para ser o campeão, mas é terrível perder da forma como perdi", afirmou.

O próximo desafiante de Alexander Gustafsson é o brasileiro Glover Teixeira. Os dois já enfrentaram Jon Jones e foram derrotados. A luta vai acontecer no evento principal do UFC Berlim, dia 20 de junho, na Alemanha.


Últimas de _legado_MMA