Em busca do topo, Jefferson quer Botafogo jogando como time grande

Alvinegro encara o CRB nesta sexta-feira, às 21h, no Rei Pelé

Por O Dia

Rio - Capitão e peça importante do Botafogo, Jefferson fará sua última partida nesta sexta-feira antes de se juntar à Seleção. O goleiro, que deverá desfalcar o Alvinegro por no mínimo três jogos, espera poder dar um "até breve" com vitória, o que faria o Glorioso voltar à tão sonhada liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. 

"Um time grande não tem que ficar olhando para trás. Temos que atacar, mas com cautela, respeitando o CRB. O Botafogo precisa jogar como time grande, mesmo fora de casa, como fez contra o América-MG. Com essas situações de tabela nós temos que conviver", afirmou. 

Jefferson pede um voto de confiança do torcedorMárcio Mercante / Agência O Dia

No último domingo, o Botafogo deixou escapar a chance de retornar ao topo e teve que lidar com as cobranças do torcedor alvinegro no Nilton Santos após a derrota por 3 a 2 para o Paysandu. Para Jefferson, essa é a hora da torcida apoiar e dar um voto de confiança ao time carioca.

"Ninguém gosta de perder, mas futebol é isso. Fiquei mais triste ou irritado, por exemplo, na derrota para o Bragantino e no empate com o Luverdense do que no jogo contra o Paysandu. No domingo nós encurralamos o adversário, mas infelizmente não foi um bom dia defensivo e da finalização. Mesmo assim, saímos otimistas. Já vencemos jogando mal também. A torcida tem que entender que o time está crescendo e se empenhando. Ninguém gosta de criticado. Acho que a crítica tem que edificar e não colocar até o clube para baixo. Crítica sempre vai existir, mas aqui nós acreditamos em cada um. Somente os jogadores vão tirar o Botafogo dessa situação. Peço que acreditem, porque estamos correndo para levar o Botafogo de volta à Série A", finalizou.