Dois operários morrem em obra da usina hidrelétrica de Jirau, em Rondônia

Funcionários, que trabalhavam para a Enesa Engenharia foram eletrocutados. Um cabo se rompeu e causou o acidente

Por O Dia

Rondônia - Dois operários morreram nesta quarta-feira, no canteiro de obras da Usina Hidrelétrica de Jirau, em construção no Rio Madeira, em Rondônia. Os funcionários trabalhavam para a Enesa Engenharia.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil do Estado de Rondônia (Sticcero), o acidente foi causado pelo rompimento de um cabo, e os trabalhadores foram eletrocutados. Uma perícia da Polícia Civil ainda vai apontar as causas do acidente. Segundo Clébio de Castro, representantes do sindicato estiveram no local do acidente para verificar questões de segurança dos trabalhadores, e um relatório deve ser concluído até a próxima sexta-feira (5).

Por meio de nota, a Energia Sustentável do Brasil, concessionária responsável por Jirau, informou que exige o cumprimento da legislação de segurança do trabalho em todos os contratos e mantém fiscalização permanente sobre essas atividades. A empresa lamentou o ocorrido e que disse que as informações sobre o acidente estão sob a responsabilidade da Enesa Engenharia.

Últimas de _legado_Brasil