Denúncia contra acusado de estupros no Piauí será feita à Justiça na segunda

Homem de 40 anos e quatro adolescentes são acusados do crime

Por O Dia

Piauí - O promotor do caso de agressão e estupro de quatro adolescentes no interior do Piauí, Cesário Cavalcante, disse neste sábadi que já concluiu a denúncia contra um homem de 40 anos e deverá entregar o documento na segunda-feira à justiça de Castelo do Piauí, cidade a 190 quilômetros de Teresina, a capital do estado. Com a denúncia, o acusado torna-se réu na ação e será citado para se defender em até 10 dias.

O crime ocorreu no final de maio e Cavalcante explicou que só pôde preparar a denúncia agora porque o inquérito policial foi concluído e entregue no último dia 11, mesma data em que os quatro adolescentes também acusados de participar do crime depuseram em Teresina. “É diferente da situação dos menores. Ele é citado para se defender com advogado ou com defensor público e tem dez dias para oferecer defesa e arrolar testemunhas”, explicou o promotor.

Cavalcante adiantou que vai incluir, pelo menos, oito testemunhas na ação, incluindo as duas pessoas que encontraram as vítimas, que têm entre 15 e 17 anos: uma enfermeira de Castelo do Piauí, que acompanhou o atendimento na cidade e a transferência das vítimas para o Hospital de Urgência de Teresina, e o policial que encontrou as motocicletas usadas pelas jovens nas proximidades do Morro do Garrote, onde ocorreu o crime.

“As vítimas também serão ouvidas e vou arrolar os menores como testemunhas no processo contra o suspeito”, informou Cesário Cavalcante. O promotor disse ainda que incluirá denúncia por furto contra o acusado, que estava foragido desde que participou de uma ação no dia 22 de maio com outras duas pessoas que estão presas. O homem está preso em uma penitenciária próxima de Teresina.

As vítimas e outras testemunhas devem ser ouvidas pela Justiça do Piauí no próximo dia 24, mas ainda não está definido se os depoimentos serão tomados em Castelo do Piauí ou em Teresina. Uma das adolescentes não resistiu aos ferimentos e morreu, duas receberam alta e uma continua internada na capital piauiense.

Apreendidos em flagrante e internados em uma unidade de Teresina, os menores respondem pelos atos infracionais análogos aos crimes de homicídio, três tentativas de homicídios - todos com agravante de feminicídio e tentativa de feminicídio -, associação criminosa e estupro.

Últimas de _legado_Brasil