BRT: Cinco dias após reforma, vândalos voltam a atacar estação em Olaria

Local foi pichado e teve câmera, sensores e semáforo de porta roubados. Estação havia sido recuperada no último dia 23

Por O Dia

Câmera que acompanha a circulação dos ônibus no sentido Galeão foi roubadaDivulgação

Rio - Cinco dias após ser restaurada, a estação do BRT Transcarioca Olaria – Cacique de Ramos voltou a ser atacada. Desta vez, além das pichações, foram roubados a câmera que acompanha a circulação dos ônibus no sentido Galeão, dois sensores, que sincronizam a abertura de portas da estação com chegada do ônibus, e um semáforo que informa ao motorista sobre a abertura das portas. O Consórcio BRT informou que está fazendo o reparo da estação para que ela seja devolvida à poluçação ainda nesta terça-feira.

Segundo cálculos do consórcio, cerca de 3,2 mil usuários passam diariamente pelo local, que serve de porta de entrada para o comércio e atrações como a quadra do bloco Cacique de Ramos, que batiza e fica vizinho à estação. Ainda de acordo com o BRT Rio, a reposição dos equipamentos e a limpeza das pichações vão custar mais R$ 2,5 mil, que se somam aos R$ 11,7 mil já investidos na recuperação total feita no dia 23, com limpeza, repintura e recolocação de adesivos e sinalização informativa.

LEIA MAIS: Estação do BRT Transcarioca em Olaria sofre ação de vândalos

Últimas de _legado_O Dia 24 Horas