Resende promove competição entre alunos para reduzir obesidade

Vencedor vai ganhar uma bicicleta se perder peso. Quem passar para peso normal terá passeio em Zoológico

Por O Dia

Rio - A corrida contra a balança já começou. Alunos do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio de Resende, no Sul Fluminense, aproveitam as férias participando de uma competição para ver quem perde mais peso durante recesso. O prêmio para o vencedor será uma bicicleta. Já quem conseguir passar da faixa de obesidade para a de peso normal ganhará um passeio ao Zoológico de Volta Redonda.

Cerca de cem estudantes da rede municipal foram avaliados como obesos pelo Programa Saúde na Escola (PSE). O Índice de Massa Corporal (IMC), que leva em consideração a altura e o peso, estava acima do normal.

Após avaliar peso e altura%2C os alunos fizeram exames de sangue nas unidades de saúde da rede municipalDivulgação

Aluna da Escola Municipal Jardim das Acácias, Sheila Soares da Costa, de 12 anos, tem 1,60m e pesa 70Kg, sonha em perder 15Kg. “Eu comia de tudo, principalmente biscoito recheado e salgadinhos. Agora, além de diminuir a quantidade, coloco salada e legumes no prato. Também vou andar mais de bicicleta para emagrecer mais rápido”, contou a menina que pretende ganhar a premiação, visitar o zoológico e levar uma vida mais saudável. “Quero as três coisas”, afirmou Sheila.

O pai da estudante acredita que a genética de sua filha é diferente da de sua família. “A alimentação aqui sempre teve legumes, frutas e verduras. Ela é a única acima do peso em casa”, ressaltou Cleverson Figueiredo, 38 anos. A coordenadora do PSE, Cristina Rosadas, falou sobre o objetivo do projeto. “Como eles são adolescentes, queremos que tenham consciência da importância dos hábitos saudáveis. Por isso, vamos passar essa responsabilidade para eles, com o incentivo da premiação”, explicou.

Medida inclui cesta de itens saudáveis

Para incentivar ainda mais a dieta dos alunos, outra medida será a inclusão de alguns desses jovens no Programa Sacola Cheia, desenvolvido pela prefeitura, que oferece uma cesta com produtos hortifrutigranjeiros para famílias cadastradas nos Centros de Referência em Assistência Social (Cras).

Ao todo, 1.107 alunos passaram por medição de peso e altura. Após a avaliação, os alunos foram encaminhados para as unidades de saúde, onde fizeram exames de sangue. Os resultados serão analisados pelo programa. Nos casos de alteração, os adolescentes serão acompanhados pelo posto e pela nutricionista do Programa Saúde na Escola.

Os pais e responsáveis também participaram de palestras sobre alimentação saudável. Já os alunos receberam cartilhas com as orientações, que devem ser seguidas durante as férias. Na volta às aulas, em março, os estudantes vão passar por nova avaliação, para saber quem perdeu mais peso.

Os alunos avaliados estudam em sete unidades: Colégio Estadual José Medeiros (Paraíso), Escola Municipal Júlio Verne (Vicentina), Escola Municipal Professor Carlinhos (Fazenda da Barra III), Ciep 489 – Augusto de Carvalho (Cidade Alegria), Ciep 387 – Jorge Miguel Jayme (Toyota), Escola Municipal Surubi e Escola Municipal Jardim das Acácias (Fazenda da Barra II).

Últimas de _legado_O Dia no Estado