Neymar na relação final da Fifa dos três melhores do mundo

Brasileiro vai brigar com o argentino Lionel Messi e o português Cristiano Ronaldo. Vencedor será anunciado dia 23 de outubro

Por O Dia

Neymar é um dos três finalistas do prêmio de melhor do mundo da Fifa, ao lado de Messi e de Cristiano Ronaldo, o grande favorito. É a segunda vez que o brasileiro aparece entre os concorrentes a primeira foi em 2015, quando ficou em terceiro.

Messi com cinco, e Cristiano com quatro, são os jogadores que mais vezes levaram o prêmio e, desde 2008, se alternam como os ganhadores do troféu. O vencedor será conhecido no dia 23 de outubro, em cerimônia em Londres.

A premiação levará em conta a temporada 2016/2017, quando Neymar ainda atuava pelo Barcelona. O jogador trocou o clube espanhol pelo Paris Saint-Germain, por 222 milhões de euros (R$ 821 milhões), transferência recorde no futebol, em busca de protagonismo para ser reconhecido como o melhor do mundo.

No entanto, o português do Real Madrid deve levar a Bola de Ouro. Com o time, CR7 conquistou da Liga dos Campeões, o Campeonato Espanhol e o Mundial de Clubes, e também a Eurocopa com a seleção de seu país. Desde 2007, quando Kaká chegou ao topo, um brasileiro não fatura o título de melhor do mundo.

Este ano a Fifa também vai premiar o melhor goleiro. Estão concorrendo o italiano Buffon (Juventus), o costarriquenho Keylor Navas (Real Madrid) e o alemão Neuer (Bayern de Munique).

Entre os treinadores, o técnico Tite, que figurava na lista dos dez nomes, não apareceu como um dos três indicados. O francês Zinedine Zidane (Real Madrid) e os italianos Antonio Conte (Chelsea) e Massimiliano Allegri (Juventus) concorrerão.

Brasil fora do prêmio Puskas

Pela primeira vez desde que o prêmio foi criado, em 2009, não há um brasileiro na disputa do Prêmio Puskas, concedido ao gol mais bonito da temporada. Neymar (2011) e Wendel Lira (2015) foram os únicos a conquistá-lo.

Comentários

Últimas de Esporte