Honk Rio traz fanfarras à cidade

Nova edição ocupa Tijuca e Santa Teresa, e vai ao Complexo do Alemão e ao Calçadão de Campo Grande

Por O Dia

As bandas de fanfarra vão tomar conta do Rio de Janeiro. O festival Honk Rio, independente e colaborativo, chegou à sua terceira edição ontem com conversas sobre Carnaval, fanfarras e música de rua na Fundição Progresso. E cai na farra hoje na Lapa e na Cinelândia, a partir das 14h, com apresentações de vários grupos de fanfarras.

A festa abre com o Grupo Tá Na Rua, nos Arcos, e com o Cortejo do Bloco Fanfarra Black Clube, indo da Lapa à Cinelândia. E prossegue com grupos de várias partes do Brasil e até do mundo. Tem a Orquestra Callejera Baillable, da Argentina, o Bate e Sopra, do Rio Grande do Sul, o Calango Careta, de Brasília, e cariocas como Os Biquínis De Ogodô Convidam As Sungas de Odara e Trombetas Cósmicas do Jardim Elétrico.

Já nesta sexta, o terceiro Honk Rio sai da Lapa e aporta em lugares como o Complexo do Alemão, o Calçadão de Campo Grande, praças da Tijuca (Saens Peña, São Francisco Xavier e Afonso Pena). Sábado, o festival vai à Escola de Música da Rocinha, no CIEP Ayrton Senna, e a quatro lugares de Santa Teresa: Praça Odílio Costa Neto, Largo dos Guimarães, Largo do Curvelo e Largo das Neves.

Comentários

Últimas de Diversão