01 de janeiro de 1970
  • WhatsApp (21) 98762-8248

ROMANCE ENTRE MULHERES EM MUSICAL

Atriz Elisa Lucinda diz que o espetáculo 'L', que estreia no CCBB, tira o lesbianismo dos guetos

Por BRUNNA CONDINI

TEATRO - L. O Musical (destaque)
TEATRO - L. O Musical (destaque) - Diego Bresani

Estreia hoje no Centro Cultural Banco do Brasil, no Centro,'L, O Musical'. Sob a dramaturgia e direção de Sérgio Maggio, o espetáculo conta com Ellen Oléria, Elisa Lucinda e grande elenco compondo a história que revela ao público um grande romance entre mulheres. A narrativa é conduzida por 22 canções da MPB de cantoras/intérpretes que são assumidamente lésbicas ou bissexuais ou que exercem alguma influência neste universo. A cantora Ellen Oléria volta a atuar após 12 anos. "É um espetáculo que aproxima todos do afeto entre mulheres e desconstrói as margens do preconceito com leveza", diz Ellen. A poetisa e atriz Elisa Lucinda vive sua primeira personagem lésbica. "Não há dramaturgia para isso desde que 'Petra Von Kant', um texto estrangeiro, foi encenado. 'L' tira o lesbianismo dos guetos", esclarece Elisa, sobre a inspiração do trabalho, o texto 'As Lágrimas Amargas de Petra Von Kant', de Rainer Werner Fassbinder.