Após escândalo, Centro Nobel da Paz encerra cooperação com a Fifa

Iniciativa conjunta 'Um aperto de mãos pela paz' foi cancelada

Por O Dia

Noruega - O Centro Nobel da Paz, de Oslo, encerrou sua cooperação com a Fifa, como consequência das investigações sobre supostos escândalos de corrupção que afetam a entidade futebolística. Fontes da fundação comunicaram a decisão de não continuar com a iniciativa conjunta, chamada "Um aperto de mãos pela paz", e afirmaram que abordarão alguma outra fórmula de cooperação com a Federação Norueguesa de Futebol.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e jogos: os destaques do futebol internacional

"Continuamos considerando nessa iniciativa e queremos dar um futuro a ela", declarou em comunicado a diretora do centro, Bente Erichsen.

Também em comunicado, a Fifa lamentou o encerramento da parceria e disse ser "reticente a aceitar esta decisão unilateral em algo que é uma iniciativa conjunta da comunidade do futebol e do Centro Nobel da Paz".

Após o escândalo de corrupção da Fifa, Centro Nobel da Paz encerrou a cooperação com a entidadeEfe

"Esta atitude não se enquadra no espírito de fair play ao obstruir a promoção de valores fundamentais para a construção da paz e contra a discriminação", acrescentou a entidade.

A Fifa explicou que Erichsen conversou por telefone com o presidente Joseph Blatter, na qual o suíço disse acreditar na iniciativa e na esperança que a cooperação com a entidade continue no futebol. A cooperação era destinada à promoção de valores como o fair play, a tolerância e o respeito, e se baseava no tradicional aperto de mãos entre os adversários e a equipe de arbitragem antes das partidas.

O gesto foi incluído nos protocolos oficiais da Copa do Mundo de 2014 e a fundação norueguesa, vinculada aos prestigiados Prêmios Nobel da Paz, inicialmente pensava em manter essa forma de cooperação para o futuro.

Últimas de Esporte