Palco de luxo para os operários da bola

No Dia do Trabalho, Botafogo e Vasco reabrem o Maracanã para a final do Campeonato Carioca

Por edsel.britto

Rio - A longa espera acabou e finalmente o futebol carioca terá, mesmo que provisoriamente, seu principal palco à disposição. Vascaínos e botafoguenses terão a oportunidade de voltar ao Maracanã para a final do estadual, no primeiro jogo, neste domingo, às 16h. E os dois times conquistaram esse privilégio graças a muito trabalho e dedicação, que transformaram as duas equipes com mais desconfiança no início da temporada em finalistas.

Leia também:

Talismã contra o Fla em 2013, Gegê quer fazer a diferença contra o VascoDesde os 13 anos no Vasco, Luan sonha fazer história na Colina

E o prêmio pelo esforço será decidir no Maracanã, cujo último jogo foi em dezembro de 2015 e que teve dois shows musicais em 2016, enquanto o futebol ficou em segundo plano. Como a concessionária que administra estádio está de saída e a Olimpíada foi a chance perfeita para adiantar o fechamento, os torcedores ficaram órfãos.

No dia do trabalho%2C os operários da bola Cosme Almeida e Luciano Albuquerque são os privilegiadosAlexandre Auler / Divulgação

Inicialmente, o Maraca só voltaria a ter futebol em outubro, mas a federação carioca entrou em acordo com o Comitê Organizador do Rio-2016 para assumir o estádio para as duas finais. As despesas serão pagas com a renda e foram contratadas as mesmas empresas que operavam até 2015.

Assim, o Carioca de 2016, um campeonato itinerante e mais atrativo longe do Rio, poderá ter um fim digno. “A volta do Maracanã é ótima, é sempre um prazer voltar. Será muito favorável para o futebol, com mais torcedores. Só lamentamos (o estádio) não ter voltado antes”, afirmou o técnico Jorginho.

TIMES OPERÁRIOS

Além do Maracanã, a final será numa data que combina com os dois times. No feriado do Dia do Trabalho, a eliminada dupla Fla-Flu folgará enquanto as duas equipes mais operárias do Rio terão recompensados o trabalho duro. Hoje, eles terão mais trabalho pela frente e, no fim, só um poderá sair como o ‘funcionário do mês’. E quem entende de trabalho duro já faz sua aposta.

“O Vasco vai ganhar tudo esse ano com esse time. Quem vai marcar o gol do título vai ser o Riascos”, avisou o pedreiro Cosme Almeida.

“Ricardo Gomes está fazendo um ótimo trabalho e confiamos nele. O placar vai ser 2 a 1, com gols de Luis Henrique”, retruca o pedreiro Luciano Albuquerque.

Botafogo: Jefferson; Diogo Barbosa, Emerson Silva, Renan Fonseca e Luis Ricardo; Rodrigo Lindoso, Airton (Fernandes ou Leandrinho), Bruno Silva, Gegê e Salgueiro; Ribamar; Técnico: Ricardo Gomes

Vasco: Martin Silva; Madson, Rodrigo, Luan e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riascos; Técnico: Jorginho.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia